[Trauma Abdominal] Características Imagenológicas do Traumatismo Abdominal por Tomografia Computadorizada.

Trauma Abdominal - Bons Estudos.

TRAUMA ABDOMINAL POR TOMOGRAFIA

.

Características Imagenológicas do Traumatismo Abdominal por Tomografia Computadorizada.

A Tomografia Computadorizada do Abdome e da Pelve tornou-se parte integrante da avaliação de emergência de vítimas de Traumatismo Abdominal não-penetrante.

A Tomografia Computadorizada caracteriza a natureza precisa da lesão traumática e é efetuada para orientar  a terapia, sobretudo quando há lesões coexistentes, traumatismo cranioencefálico ou comprometimento da consciência  por lesão, drogas ou álcool. Os candidatos a Tomografia Computadorizada incluem pacientes com história  de traumatismo não-penetrante significativo que estão hemodinamicamente  estáveis. Com frequência  também são utilizadas ultrassonografias abdominais focalizadas para traumatismo (Cintilografias FAST), para detectar líquido intraperitoneal  e proceder à triagem dos pacientes traumatizados para Tomografia Computadorizada.

Os achados de lesão traumática na Tomografia Computadorizada incluem:

  • Hemoperitônio: sangramento agudo na cavidade peritoneal;
  • Coágulo Sentinela: coleção focal de sangue coagulado, que pode ser observada na cavidade peritoneal adjacente a um órgão lesado;
  • Sangramento Ativo: evidenciado pela observação de líquido hiperdenso durante a fase arterial da Tomografia Computadorizada com multidetectores;
  • Ar livre na Cavidade Peritoneal: que constitui um sinal insensível de lesão intestinal, contando que não se tenha efetuado lavagem peritoneal diagnóstica;
  • Contraste livre na Cavidade Peritoneal: condição que pode resultar da administração de contraste oral extravasando pelo intestino lesado;
  • Hematomas Subcapsulares: aparecem como coleções em formas delimitadas pela cápsula do órgão lesado;
  • Hematomas Intraparenquimatosos: aparecem como áreas de baixa densidade e forma irregular dentro de um órgão sólido com realce;
  • Lacerações: aparecem como defeitos lineares chanfrados, definidas pela presença de sangue de densidade mais baixa dentro de um órgão lesado com realce;
  • Ausência de Realce do Órgão: refletindo a lesão do suprimento arterial desse órgão;
  • Infartos: são observados como zonas de realce diminuído, que se estendem até a cápsula de um órgão sólido.

.

Hemoperitôneo e Coágulo Sentinela. A TC mostra líquido de alta atenuação nos recessos peritoneais, indicando hemoperitôneo (H). Um Coágulo Sentinela (seta) destaca-se como uma coleção de alta atenuação no sangue de atenuação mais baixa. A localização do coágulo sugere lesão do fígado (L). Foi encontrada uma laceração do lobo esquerdo do fígado à cirurgia.

.

Hemorragia Ativa – Laceração Hepática. A TC mostra uma laceração recortada (cabeça da seta) do fígado (L) preenchida com sangue. Observa-se um foco de hemorragia ativa contínua (seta) como coleção mal definida de contraste de alta atenuação. O hemoperitôneo (H) é evidente nos recessos peritoneais. Baço (Sp); Estômago (St).

.

Infarto Renal: A TC pós-contraste revela a ausência de realce (seta) da porção posterior do rim esquerdo (LK), que ocorreu em consequência de laceração da íntima e trombose de um ramo da artéria renal durante um acidente com veículo motorizado. Observa-se que o defeito de realce estende-se até a cápsula do rim, indicando lesão vascular renal aguda.

.

Para baixar esse material completo em PDF, basta clicar no botão abaixo:

.

Contribuímos com seu Conhecimento?

Nos ajude tornar o Projeto Radiologia na Palma da Mão mais conhecido. Escolha uma das Redes Sociais logo abaixo e Compartilhe esse conteúdo. Gostou do Artigo? Nos diga nos Comentários.

Professor Raphael Ruiz.

.

.

Referência:
– BRANT, Willian E.; HELMS, Clyde A. Fundamentos de Radiologia: Diagnóstico por Imagem. 3 ed Rio de Janeiro: Guanabara, 2012. 3 v. 1014 p.

.

Cadastre-se no Projeto Radiologia na Palma da Mão e receba nossos melhores Conteúdos!

livre de spam!
  • Cristina

    Parabéns pelo conteúdo.

    • radiologianapalmadamao

      Obrigado por acompanhar!